loading...

Breaking

domingo, 1 de julho de 2018

Empréstimos Bilionários!! Ministro Do TCU Diz Que A Sociedade Tem O Dever De Saber O Que Está Acontecendo.

O ministro Augusto Sherman, do Tribunal das Contas da União, está preocupado com empréstimos bilionários do governo brasileiro a países amigos. Durante voto aprovado ontem, o ministro  enfatizou que devem ser esclarecidos os empréstimos repassados por Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula a diversos países considerados ”amigos do PT”.


Sherman enfatizou que deseja ver a classificação de documentos relacionados com o caso e se foi baseado em alguma análise prévia de sigilo bancário e comercial. O pedido foi feito após a descoberta de que gestores financeiros garantiam empréstimos irregulares ao BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico).


Entre os investigados se encontram membros do BNDES, da Câmara de Comércio Exterior (Camex), da Seguradora Brasileira de Crédito à Exportação (SBCE) e da Secretaria de Assunto Internacionais do Ministério da Fazenda. Foi constatado que a área técnica burlava análises de risco para poder realizar os empréstimos bilionários. Os valores iam diretamente para ditaduras africanas e regimes bolivarianos.


O que chama atenção é que ao submeter seu relatório no tribunal o ministro teve que ser discreto. As chances de dados sigilosas da operação vazarem podem levar à tona todo o trabalho da Polícia Federal. Houve a proibição de divulgar dado como valores de empréstimos e detalhes das obras realizadas.
No entanto, o ministro avaliou que considera o sigilo ”absurdo” e que a opinião pública tem direito de saber sobre todos esses dados.
Ele acredita que dessa forma a sociedade ficará sem conhecimento dos reais acontecimentos envolvendo dinheiro público desviado de maneira ilegal.
Segundo informações do portal ”O Antagonista” o tribunal encontrou irregularidades em 140 operações de crédito do BNDES. Os valores atribuídos as operações chegariam na faixa de R$ 50 bilhões e a Odebrecht foi a principal empreiteira beneficiada. Ano passado foi descoberto que a Odebrecht foi participou em 82% de obras no exterior, tudo por conta da ajuda do Partido dos Trabalhadores. O BNDES bancou 68% dos empreendimentos que foram utilizados para a criação de hidrelétricas, portos e rodovias.
Seguindo as regras do BNDES, o valor emprestado deveria ser de R$ 200 milhões para uma obra no valor de R$ 1 bilhão. No entanto, o banco retirou dos cofres públicos R$ 680 milhões.
Alguns dos países que foram beneficiados são a Venezuela, República Dominicana e Argentina

Fonte: https://www.noticiasbrasilonline.com.br/emprestimos-bilionarios-ministro-do-tcu-diz-que-a-sociedade-tem-o-dever-de-saber-o-que-esta-acontecendo/
loading...